Faixa publicitária
Presidente Nyusi voltou a Sofala para “discutir assuntos militares” com Dhlakama
Escrito por Redação  em 20 Fevereiro 2018
Share/Save/Bookmark

Foto da Presidencia da RepúblicaO Presidente de Moçambique voltou esta segunda-feira (19) à província de Sofala onde encontrou-se, pela primeira vez este ano, com o presidente do partido Renamo “para discutir sobre os assuntos militares, concretamente sobre o Desarmamento, Desmobilização e Reintegração”.

De acordo com um comunicado da Presidência da República o Chefe de Estado manteve um encontro com o Afonso Dhlakama “em Namadjiwa, Posto Administrativo de Vunduzi, há 40 quilómetros da Sede Distrital de Gorongosa, para discutir sobre os assuntos militares, concretamente sobre o Desarmamento, Desmobilização e Reintegração (DDR)”.

Foto da Presidencia da República“Saudamos o relatório da Comissão de Assuntos Militares e clarificamos os passos a dar sobre o processo de enquadramento dos oficiais da Renamo que, conjuntamente com o DDR, permitirá pôr fim às hostilidades militares e abrir uma nova era para uma Paz efectiva e duradoura”, refere ainda o comunicado que termina remetendo “as conclusões detalhadas dos progressos alcançados serão tornadas públicas em momento oportuno”.

Este encontro, o primeiro de 2018, segue-se a realização do Conselho de Estado, ao qual Dhlakama não esteve presente, e ao envio da proposta de Revisão Pontual da Constituição da República pelo Presidente Nyusi à Assembleia da República, para acomodar os consensos alcançados entre os dois líderes.

Moçambique está em tréguas militares desde Dezembro de 2016.

A última vez que Nyusi e Dhlakama haviam-se reunido pessoalmente foi a 6 de Agosto de 2017. “Por motivos organizacionais” falhou um encontro previsto para 13 de Dezembro passado.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 3
FracoBom