Faixa publicitária
Ferroviário de Maputo arranca título da Liga Moçambicana de Basquetebol em plena cidade da Beira
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Desporto
Escrito por Adérito Caldeira  em 26 Agosto 2018
Share/Save/Bookmark

Foto da página do facebook do Ferroviário de MaputoJogando no hostil pavilhão na cidade da Beira o Ferroviário de Maputo arrancou aos anfitriões o título, perdido na época passada, da Liga Moçambicana de Basquetebol. O espanhol Alvaro Maso foi eleito o MVP enquanto Ivan Machava e Helton Ubisse, que fizeram os “beirenses” sonhar com bi, foram o melhor triplista e melhor marcador da prova, respectivamente.

Em desvantagem nas Finais e com o apoio do seu público os campeões entraram para a quadra do seu pavilhão, no passado sábado (25), ao ataque colocando-se na frente do marcador. Tranquilos os pupilos de Milagre Macome empataram e fizeram a cambalhota no marcador vencendo o 1º período por 22 a 17 pontos.

Visivelmente nervosos e sem poderem contar com o reforço norte-americano Angelo Warner, que foi suspenso por um jogo devido a uma agressão durante o jogo 2, os “locomotivas” da Beira defendiam mal e estiveram piores a tentarem reduzir a desvantagem indo para o descanso a perder por 41 a 26 pontos.

No 3º período o Ferroviário de Maputo geriu com tranquilidade e inteligência a vantagem que construiu e manteve-se a frente por 63 a 47 pontos. No tudo por tudo final Helton Ubisse e Ivan Machava ainda fizeram os “beirenses” sonharem com o jogo 4, com os cestos certeiros.

Com 3 minutos para o término do jogo Ivan ainda levantou o pavilhão quando acertou duas bombas que colocaram a desvantagem a 1 ponto.

Mas os seus colegas não o acompanharam e permitiram ao Ferroviário de Maputo vencer o jogo, por 82 a 75 pontos, e reconquistar o título perdido no ano passado justamente na Beira. Foi o 4º título nacional dos “locomotivas” da capital do país.

Alvaro Maso, o espanhol do Ferroviário de Maputo, foi eleito o jogador mais valioso da Liga Moçambicana de Basquetebol. Ivan Machava levou o troféu de melhor triplista. Helton Ubisse foi o melhor marcador da prova enquanto o norte-americano Jeffery Fehanbulleh foi o melhor ressaltador da prova.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom