Faixa publicitária
Bélgica derrota Inglaterra e garante melhor posição de sempre num mundial de futebol
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Desporto
Escrito por Agências  em 15 Julho 2018
Share/Save/Bookmark

A Bélgica derrotou a Inglaterra por 2 a 0 na disputa pelo terceiro lugar do Campeonato do Mundo de futebol que decorre na Rússia, neste sábado, para garantir o melhor resultado da sua história no torneio e mandar a equipe de Gareth Southgate para casa com a segunda derrota consecutiva.

Um golo aos 4 minutos de Thomas Meunier e outro de Eden Hazard aos 37 do segundo tempo garantiram à Bélgica a vitória e o terceiro lugar, o que supera o seu melhor resultado anterior, um quarto lugar em 1986.

“Acho que esses jogadores merecem isso”, disse o técnico da selecção da Bélgica, Roberto Martínez. “O que vimos neste Campeonato do Mundo é que os jogadores não queriam mais contar só com talento, eles queriam contar com o trabalho em equipe, tornando-se um grupo de jogadores que faria qualquer coisa para alcançar resultados.”

A Inglaterra pressionou durante a maior parte do segundo tempo, mas com o capitão Harry Kane parecendo cansado, a maior qualidade da Bélgica no último terço de campo foi decisiva.

“Este jogo mostrou que ainda há espaço para melhora”, disse Kane. “Não queremos esperar outros 20 anos para chegar às semifinais e às grandes partidas. Precisamos melhorar, precisamos ficar melhores, mas isso vai acontecer”, completou.

O golo no começo da partida ocorreu depois que Romelu Lukaku tocou a bola para a esquerda para Nacer Chadli, que cruzou para Meunier superar o guarda-redes Jordan Pickford.

O golo significa que a Bélgica teve 10 jogadores diferentes balançando as redes neste Mundial - igual ao recorde estabelecido pela França em 1982 e pela Itália em 2006.

Enquanto o técnico da Inglaterra, Gareth Southgate, fez cinco alterações na equipa que perdeu para a Croácia na semifinal, o técnico da selecção belga fez apenas duas mudanças. Meunier voltou de suspensão e Youri Tielemans substituiu Maroune Fellaini no meio-campo, com os belgas tendo sua forte formação ofensiva com o trio Lukaku, Kevin De Bruyne e Eden Hazard.

De Bruyne deveria ter feito 2 a 0 aos 12 minutos, quando a bola o encontrou no segundo poste depois de um erro de John Stones, mas seu arremate foi defendido por Pickford.

Kane, o maior goleador do torneio com seis golos, teve uma oportunidade quando recebeu de Raheem Sterling aos 24 minutos do primeiro tempo, mas estava desequilibrado ao chutar a bola.

Southgate colocou Marcus Rashford no lugar de Sterling e Jesse Lingard substituiu Danny Rose no intervalo, e a mudança funcionou bem, com a Inglaterra indo ao ataque no segundo tempo.

Toby Alderweireld salvou uma bola em cima da linha após chute por cobertura de Eric Dier que quase garantiu o empate para os ingleses.

Mas o jogo foi encerrado quando De Bruyne avançou pelo meio-campo e passou a bola para Hazard, que ganhou de Phil Jones e disparou no canto inferior para fazer 2 a 0.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom