Faixa publicitária
Taça de Moçambique: União procura dobradinha contra Costa do Sol que tenta salvar a época
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Desporto
Escrito por Adérito Caldeira  em 02 Outubro 2017
Share/Save/Bookmark

A União Desportiva de Songo e o Costa do Sol vão digladiar-se por mais um troféu do futebol nacional, a Taça de Moçambique. Para estarem na final, agendada para o primeiro fim-de-semana de Novembro, os “hidroeléctricos” eliminaram a ENH de Vilanculo enquanto os “canarinhos” deixaram para trás o Ferroviário de Maputo.

O campeão foi no sábado(30) à terra da boa gente onde acabou por ter de defender a magra vantagem que havia construído na 1ª mão impotente diante de um aguerrido e destemido ENH que tentava salvar uma época para esquecer.

O nulo final permitiu o apuramento e deixa a equipa de Chiquinho Conde a sonhar com uma dobradinha, e na revalidação do título que venceu pela primeira vez no ano passado, numa época em que conquistou o seu primeiro Moçambola.

Em Maputo, neste domingo(01), o Costa do Sol e o Ferroviário de Maputo, que haviam empatado sem golos na 1ª mão, digladiaram-se por um lugar na final da segunda mais importante prova do futebol moçambicano numa tentativa de salvarem mais uma época em que deixaram o campeonato fora da capital.

Os 90 minutos regulamentares terminaram sem golos e foi preciso recorrer a várias séries de pontapés da marca de grande penalidade para se encontrar o vencedor da meia-final, o guarda-redes Guirrugo defendeu um pontapé "canarinho" e Artur acabou por marcar o golo dos canarinhos que selou a vitória por 8 a 7.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom