Faixa publicitária
Afrobasket masculino: Moçambique derrotado pelo Egipto na estreia
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Desporto
Escrito por Adérito Caldeira  em 08 Setembro 2017
Share/Save/Bookmark

A selecção nacional sénior masculina de Moçambique foi derrotada pelo Egipto, por 47 a 75 pontos, na sua estreia no Campeonato Africano de Basquetebol que começou a ser disputado nesta sexta-feira(08) no Senegal e na Tunísia. Inserida no grupo D a nossa selecção volta a competir neste sábado(09) diante da África do Sul.

Inaki Garcia, o seleccionador nacional, havia prognosticado que o desempenho da nossa selecção iria depender do resultado da primeira partida. E os jogadores moçambicanos entraram ansiosos por mostrar o seu valor mas com a pontaria desacertada viram os egípcios abrirem o placar e chegarem a uma vantagem de 2 a 11 pontos.

Helton Ubisse e Ermelindo Novela deram o tom para a recuperação, secundados com uma bomba de Baggio Chimonzo e por Afonso Machave que empatou a partida, faltando ainda 3 minutos para jogar no 1º período. O Egipto voltou a impor o seu ritmo abriu nova vantagem que foi reduzida para 2 pontos por uma bomba de Fernando Macaringue.

Os egípcios aceleraram novamente no início do 2º período e construíram uma de 14 pontos antes de Baggio voltar a acertar uma bomba. Mas apesar da tentativa de réplica foi fraca e o Egipto saiu para o intervalo a vencer por 22 a 33 pontos.

No 3º período os egípcios continuaram a controlar a partida e a gerir a vantagem que chegou aos 13 pontos antes de Afonso Machave esboçar uma pequena reacção. Depois o Egipto acelerou novamente e chegou aos 32 a 51 pontos.

O experiente Octávio Magoliço até abriu as hostilidade no derradeiro período mas alargaram a vantagem para 20 pontos, e não pararam por aí.

Com o jogo perdido Inaki Garcia lançou para a quadra alguns jovens, que se estrearam com a camisete de Moçambique num Afrobasketl, ainda somaram alguns pontos mas não evitaram a estreia desastrosa.

Na 2º jornada, neste sábado, a nossa selecção enfrenta a África do Sul com obrigação de vencer sob pena de nem se apurar para a fase seguinte do Campeonato e nem sequer melhorar o 11º lugar do torneio anterior. O outro adversário de Moçambique é o país anfitrião, 3º classificado em 2015 que procura chegar ao título.

 

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom