Faixa publicitária
Natação: Moçambique de malas aviadas para Kazan a pensar nos mínimos para os Jogos Olímpicos
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Desporto
Escrito por Duarte Sitoe  em 22 Julho 2015
Share/Save/Bookmark

A selecção nacional de natação partiu na tarde desta terça-feira (21) com destino à cidade russa de Kazan, onde, entre os dias 24 de Julho e 09 de Agosto, vai fazer competir na 16ª edição do Campeonato Mundial da modalidade. Neste certame, os nadadores nacionais almejam alcançar os mínimos para os Jogos Olímpicos, que serão disputados na metrópole brasileira do Rio de Janeiro.

Na 16ª edição da mais importante competição internacional no que toca à modalidade de natação, Moçambique será representado por quatro atletas, nomeadamente Igor Mogne, Jéssica Cossa, Jannah Sonnenschein e Denílson da Costa.

De acordo com Frederico dos Santos, seleccionador nacional, a comitiva moçambicana parte para esta competição com dois objectivos, ou seja, lutar pelas medalhas e pela obtenção dos mínimos para os Jogos Olímpicos de 2016, mesmo ciente das dificuldades que os seus nadadores vão enfrentar naquela competição internacional.

“Foram seleccionados os melhores nadadores moçambicanos da actualidade; por isso, queremos lutar pelas medalhas e, quiçá, obter os mínimos para os Jogos Olímpicos porque os nossos atletas já provaram que têm capacidades para lutar de igual para igual com nadadores de qualquer canto do mundo”, disse dos Santos, para depois acrescentar o seguinte: “A preparação foi muito boa, os meninos portaram-se muito bem. Estou esperançado de que vamos alcançar os objectivos preconizados para esta competição”.

Por seu turno, o nadador da selecção nacional e dos Tubarões de Maputo, Denílson da Costa, mostrou-se confiante na obtenção de um bom resultado naquele certame internacional.

“Devido à preparação que tivemos, estou em condições de lutar pelas medalhas. Terei pela frente grandes adversários, mas vou fazer de tudo para alcançar bons resultados. Quero lutar pelos lugares do pódio e, quem sabe, obter os mínimos para os Jogos Olímpicos que são o sonho de qualquer atleta”.

Neste “Mundial”, Moçambique pretende incutir alguma rodagem nos atletas tendo em vista a sua participação na XI edição dos Jogos Africanos, que serão disputados em Congo Brazzaville. Todavia, nos apelidados Jogos Olímpicos do continente africano, o nosso país vai levar mais atletas comparativamente ao Campeonato do Mundo.

Importa referir que o nadador mais novo do combinado nacional será o porta-estandarte da delegação moçambicana.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom