Liga Muçulmana Bi-campeã nacional de futebol
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Desporto
Escrito por Redação  em 02 Novembro 2011 (Actualizado em 03 Novembro 2011)

A Liga Muçulmana somou o seu segundo título consecutivo de campeão depois de derrotar o Ferroviário de Nampula, no Estádio 25 de Junho, por esclarecedores 2-0, numa exibição plácida dos verde e branco, na qual brilhou com luz própria o médio Ítalo, com um golo e um festival de bom futebol.

Os locomotivas do norte (adversário que todos temiam nesta segunda volta) converteram- se no rival sonhado pelos muçulmanos. Duas vitórias em dois jogos para a Liga Muçulmana, um balanço que demonstra a diferença de potencial entre ambos e que, nesta quarta-feira, ficou exposta pelos dois golos de diferença.

Na tarde da revalidação do título, Ítalo elevou-se como o melhor homem em campo, bem acompanhado por Nelson e Momed Hagy. A Liga começou inspirada ofensivamente – uma pintura de Ítalo, aos 20 minutos, colocou os muçulmanos em vantagem e com o título no bolso. No final dos primeiros 45 minutos a Liga vencia por duas bolas sem resposta. Marcou Telinho à passagem dos 41 minutos.

No segundo tempo, Ítalo continuou a fazer das suas. O Ferroviário de Nampula tentou, mas esbarrou na consistência defensiva dos muçulmanos. Com o relógio a correr, os locomotivas içaram a bandeira branca e os muçulmanos deixaram o tempo passar.No final, a Liga recolheu um título que a regularidade ao longo do campeonato conferiu. Agora, a meta é colocar o seu nome no centro do futebol africano.

Maxaquene recuperou o folêgo no fim

A reacção foi tardia. Quando o Maxaquene recuperou o fôlego já se tinha feito luz sobre o título. Ao vencer o Ferroviário de Nampula (2-0), a Liga Muçulmana lançou uma festa anunciada há muito, mas sem data marcada.

Com golos de Ítalo e Telinho, a equipa de Artur Semedo voltou a provar a superioridade exibida ao longo da temporada, e atestada pela distância pontual sobre o segundo classificado quando ainda há três jornadas por disputar. A vantagem é, de resto, o factor motivacional que resta ao novo campeão, no que ao Moçambola diz respeito. Isto deixando de lado as competições africanas, que vão proporcionar um desafio ao campeão nacional, o de chegar à fase de grupos.

O segundo classificado é, como se sabe, o Maxaquene, que na jornada 24 do Moçambola assegurou a vice-liderança. Os tricolores venceram no seu reduto o Matchedje e permitiram ao Incomáti fugir da zona de despromoção em prejuízo dos militares.

No Estádio da Machava, um golo de Luís ditou a derrota do HCB de Songo. A equipa da agreste província de Tete até jogou melhor, esteve mais perto de ganhar, mas acabou por perder e permanecer no quarto lugar. Contudo, o HCB continua confortável no quarto lugar, uma vez que os seus perseguidores, com excepção do Ferroviário de Maputo, continuam distantes.

O Vilankulo FC, que já andou aflito no fundo da tabela, já anda a roer os calcanhares do Ferroviário da Beira. A equipa de Chiquinho Conde ganhou no seu reduto aos locomotivas da Beira (2-0).

No que diz respeito à permanência, a luta parece reduzida a três equipas. O Incomáti foi ganhar na Beira (1-0), e está agora a dois pontos do Ferroviário da Beira, derrotado pelo Vilankulo FC. Na última posição está mais uma vez o Sporting da Beira, que não conseguiu somar o sexto jogo sem perder. A equipa, já se sabe, perdeu três pontos em casa, aproveitados pelo Atlético Muçulmano para ficar longe do último lugar.

Confira os resultados completos da 24ª jornada:

Ferroviário de Maputo 1-0 HCB de Songo

Ferroviário de Nampula 0-2 Liga Muçulmana

Sporting da Beira 0-1 G.D Incomáti

Atlético Muçulmano 1-0 Costa do Sol

Vilanculos FC 2-0 Ferroviário da Beira

Matchedje 0-4 Maxaquene

Chingale de Tete 0-2 Desportivo Maputo

 

Confira a classificação, que de agora em diante terá as atenções concentradas na disputa pela manutenção:


EQUIPASJVEDMSPONTOS
CAMPEÃLiga Muçulmana 241743351454
Maxaquene241383361447
Costa do Sol 241158302338
HCB Songo 249105241237
Ferroviário de Maputo241068352936
Ferroviário de Nampula 249610262333
Chingale24897191933
Desportivo2410410222033
Vilankulo FC248511242529
10ºIncomáti248412112428
11ºFerroviário de Beira 245126182327
12ºMatchedje 247413203525
13ºAtlético Muçulmano245514183520
14ºSporting da Beira 244416174516

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom 
Faixa publicitária