Faixa publicitária
Taça de Moçambique: Palmeiras de Quelimane a surpresa nas meias finais
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Desporto
Escrito por Redação  em 27 Setembro 2011
Share/Save/Bookmark

A festa da Taça de Moçambique marcou a reabertura, cerca de um mês depois, no passado fim de semana das competições futebolísticas de primeiro escalão. Na cidade da Beira, em pleno caldeirão do Chiveve, o Palmeiras de Quelimane protagonizou o momento mais alto dos quartos de final ao derrotar o Ferroviário local por 2-1.

Auré abriu o placar para os representantes da terra dos coqueiros, à passagem dos 12 minutos do jogo, com um grande remate que não deu chances de defesa ao guarda-redes locomotiva. Apátivos e muito perdulários os jogadores do Ferroviário da Beira apenas conseguiram equilibrar o jogo depois do descanso quando Stiven aproveitou uma falha da defesa do Palmeiras e restabeleceu a igualdade. Galvanizados com o empate e, apesar do caudal atacante, os pupilos de Mussá Osman não conseguiram dar a volta ao placar e a classe de Weah sentenciou o jogo decorriam 63 minutos da partida.

Canarinhos de Tete eliminam canarinhos de Maputo

O outro grande momento dos quartos de final da taça viveu-se em Tete onde o Chingale venceu o Costa do Sol por 5-4, na transformação grandes penalidades. Paulo abriu o placar para os canarinhos de Tete, a passagem do 20 minuto do jogo. Os canarinhos da capital do país só chegaram a igualdade aos 91 minutos, por Josimar na transformação de uma grande penalidade a castigar falta sobre Parkim. O tempo regulamentar terminou e com a igualdade jogaram-se os 30 minutos do prolongamento que não teve alterações no marcador.

O Maxaquene, detentor da taça, viajou a capital do norte e venceu, pela marca mínima 1-0, o Ferroviário de Nampula, com golo de Macamito.

No sábado, o outro finalista da edição passada da taça, o Vilankulos FC recebeu o Ferroviário de Maputo e perdeu por 5-4, na transformação de grandes penalidades, depois de um empate sem golo no tempo regulamentar e no prolongamento.

Estes são os confrontos das meias-finais:

Maxaquene vs Palmeiras de Quelimane

Ferroviário de Maputo vs Chingale de Tete

Comentários   

 
0 #1 Zé Carlos 27-09-2011 19:57
MOCAMBIQUE 4 - ANGOLA 3

Golo de Ouro dita vitória Moçambicana!!

Pedrada do meio da rua do Bruno Pinto, a fazer a diferença e a colocar Moçambique entre os 8 melhores do Mundo!!

Os Angolanos vao disputar a não descida p/ Grupo "B" (ainda vão ter que organizar o Mundial "B" em casam antes do "A"...

(Obs: O guarda-redes angolano ainda está a procura da bola..., eh eh eh )!!

MOÇAMBIQUE HOYE!!!!!!!!!!!!!!

A LUTA CONTINUA!!!

VITÓRIA É CERTA!!!!!!!!!!!!!

Que venham os Brazucas!!
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom