Faixa publicitária
Aniano Tamele, Mr. Bow, Tchakaze e Jamalu venceram novamente o Ngoma Moçambique
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Vida e Lazer - Cultura
Escrito por Redação  em 23 Dezembro 2015
Share/Save/Bookmark

Os artistas Aniano Tamele, Mr. Bow, Tchakaze e Jamalu terminaram o ano da mesma forma que o iniciaram, com vitórias no Ngoma Moçambique, edição 2015, nas categorias de “Música mais Votada”, “Canção mais Popular”, “Melhor voz Feminina” e “Melhor voz Masculina”. O prémio mais alto, o de “Melhor Canção”, anteriormente ganho por Jamalu, foi arrebatado por Wenddy Tchilambo, com a música “Manuela”.

Aly Faque, músico deveras conhecido pela sua grandiosa obra intitulada “Kinachukuru” e que anda desaparecido dos palcos, foi agraciado com o “Prémio Carreira”, que na edição passada ficou nas mãos de António Marcos. Este reconhecimento, também com direito à pecúnia, é atribuído ao artista pelo conjunto de obras produzidas ininterruptamente ao longo da sua carreira.

Aliás, no Ngoma 2012, por exemplo, Aly Faque ganhou o prémio “Melhor Voz Masculina”.

Na gala que teve lugar na última sexta-feira (18), na cidade de Nacala-Porto, província de Nampula, Aniano Tamele granjeou a simpatia dos ouvintes da Rádio Moçambique (RM) e sagrou-se vencedor da “Música mais Votada” com a sua recente letra intitulada “Muchado”, depois de em Abril deste ano ter sido coroado na mesma categoria, na Vila de Songo, em Tete, mercê da canção “Swivulavula”.

Este ano, Mr. Bow venceu a “Canção mais Popular” do Ngoma por duas vezes. A primeira com a música “Massinguitane” e a segunda com “You Are My Number One”, que conta com a participação de Liloca. O artista teve outras vitórias no extinto Mozambique Music Awards (MMA) 2015, evento no qual arrebatou três prémios.

O prémio “Revelação Feminina”, na edição passada ganha por Tchakaze, com a canção “Donguissa”, e que leva este ano o timbre de “Melhor voz Feminina”, com o tema “Nkata”, ficou com a cantora Gata Chemba, que se candidatou com a música “Ashley”.

Jamalu venceu a “Melhor voz Masculina” com a canção “A Missava Ya Hina Ya Mbomba”. O galardão de “Revelação Masculina” coube ao cantor Deltino Guerreiro, com a canção “Okinkela”.

Comentários   

 
0 #1 hachimo 23-01-2016 18:20
Quem encina o mal a criaça é q nem partir garrafas espalhar na sua propria casa um dia vao te fazer mal: opovo nao é sego nao ( tsimba yanha litsigo lanta ) lingua chop muitos moreram neste pais, pelo pais e nao sera so um regeme q vai a cambar com tudo
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 16
FracoBom