CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:

  • LOCALIDADE

    Maputo

  • DATA

    May 14 2013

  • HORA

    01:11

  • CATEGORIA OUTROS   Pensamentos   
  • VERIFICADO

    NO

  • INCIDENTE
  • INCIDENTES PROXIMOS

Descrição do Relatório do Incidente

+ acrescentar informações

Relatório Original

Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca

Credibilidade:  UP  DOWN 
0
RELATORIOS ADICIONAIS E DISCUSSOES   (Acrescentar)

Antonio Lagres (Aug 9 2013)

CENTRO DE SAÚDE DA VILA SEDE DE MONAPO, UM ATENTADO A SAÚDE PÚBLICA Uum dos Centros de Saúde localizado num distrito de monapo, com problemas de falta de água e que tem registado, ciclicamente, casos de diarreias agudas e também de cólera. Não pretendo divagar tanto, pretendo apenas apresentar directamente os factos que se testemunham naquele centro e constituem atentado a saúde pública: 1. O Centro de Saúde de Monapo-Sede apresenta-se muito sujo (fotos em anexo), com lixo doméstico, hospitalar e ‟montes” de fezes espalhados ao ar livre e sem segurança, o que agudiza o estado de saúde dos seus utentes e da comunidade a sua volta. Retiro a esta unidade sanitária o selo de livre de fecalismo a céu aberto (LIFECA) - se o tiver. 2. Penso que as visitas de nível distrital terminam entre as salas de reunião e corredores das enfermarias. Não se justifica que tudo isso se passe nas “barbas” de uma sede distrital bem com de uma autarquia. Para não levantar apenas os problemas, sugiro os seguintes pontos para minimizar a situação: 1. Que a direcção do Centro de Saúde organize jornadas de limpeza com as comunidades através dos comités de co-gestão (se existir e se não, que crie e que os ponha a funcionar); 2. Que sejam abertos aterros sanitários para a gestão do lixo doméstico e mecanismos adequados para o tratamento do lixo hospitalar, de modo a garantir a segurança dos utentes e funcionários da unidade sanitária; 3. Que seja treinada a direcção distrital, do Centro de Saúde e os membros do comité de co-gestão em matérias de SANTOLIC (Saneamento Total Liderado pela Comunidade), para que entendam duma vez por todas o quão é importante ter um bom saneamento do meio, aliás, o Centro de Saúde de Monapo é um óptimo campo para práticas de SANTOLIC 4. Que as visitas de nível distrital não parem pelos gabinetes e corredores, que vejam o fundo do Centro de Saúde e que as reuniões sejam breves com orientações claras, de modo que os enfermeiros e outros agentes de serviços estejam maior parte do tempo nos seus postos de trabalho; 5. Que se crie (se não existe) a figura do “Inspector sanitário”, alguém que só tem o papel de velar pela higiene nas Unidades Sanitárias para que se capitalize as supervisões permanentes. Queremos que Centro da Vila sede de Monapo seja uma ferramenta de Saúde, limpo e LIFECA Abraço. António Lagres

Credibility:  UP  DOWN 
0

Notícias Mainstream relacionado com o Incidente

Relatório(s) de Incidente(s)


Name:
E-Mail:
Comments:
Security Code:
Captcha