Ataque aéreo do governo da Líbia para recapturar capital deixa oito mortos
Versão para impressão
Destaques - África
Escrito por Agências  em 24 Março 2015
Share/Save/Bookmark

Oito civis foram mortos num ataque aéreo perto de Trípoli nesta segunda-feira, quando o governo internacionalmente reconhecido da Líbia levou adiante um ataque para recapturar a capital que abandonou nas mãos de uma facção rival no ano passado.

Quatro anos depois de aviões de guerra da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) ajudarem a depor o ditator Muammar Khaddafi, a Líbia mergulhou no caos, com dois governos adversários lutando pelo controle por meio de exércitos de ex-rebeldes e forças aéreas que bombardeiam territórios rivais.

O governo reconhecido está sediado no leste do país desde que foi expulso da capital, em Agosto passado, por uma aliança de grupos armados conhecida como Amanhecer Líbio, que estabeleceu os seus próprios gabinete e parlamento.

Na sexta-feira, o governo sediado no leste anunciou uma ofensiva para retomar Trípoli, embora os dois lados estejam participando das conversas de paz conduzidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) no Marrocos.

Forças leais a este governo assumiram a responsabilidade pelo ataque aéreo em Tarhouna, cidade ao sul de Trípoli, dizendo ter atingido uma base militar e abatido um caça de posse do Amanhecer Líbio.

“Notícias terríveis hoje de Tarhouna, onde oito inocentes tawergha desabrigados foram mortos pelos ataques aéreos”, relatou a embaixadora norte-americana Deborah Jones em um tuíte referindo-se a membros de uma minoria, milhares dos quais ficaram desabrigados após a queda de Khaddafi.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom