Faixa publicitária

Projetos do Banco Mundial desalojaram 3,4 milhões de pessoas

Entre 2003 e 2013, projetos financiados pelo Banco Mundial desalojaram das suas casas, afastaram das suas terras ou desl...

Parlamentares “custam” o dobro dos médicos e o triplo dos professores

Os deputados moçambicanos, eleitos para representar o povo no Parlamento, defender os seus interesses e lutar pelo seu ...

Comunidades em Tacuane e Muabanama vivem em harmonia com a floresta

Mais do que nunca o mundo sente os efeitos dos danos que o Homem tem causado à Terra, da exploração desenfreada dos r...

As pessoas que trabalham em Moçambique não precisam de mercedes-benz barato ou casas de luxo

Enquanto esperamos para ver Filipe Nyusi, e o seu Governo, trabalharem “para melhorar as condições de vida do povo m...

Faixa publicitária
Até 2019 haverá população sem energia eléctrica e água potável em Moçambique
  Segunda, 27 Abril 2015 08:59
Destaques - Democracia

Grande da população moçambicana ainda sem acesso à energia eléctrica e ao precioso líquido, por exemplo, não vai beneficiar desses e outros serviços até 2019, altura em que cessa o mandato do actual Governo, cujo Presidente prometeu ver aos seus compatriotas uma vida melhor “num país cada vez mais iluminado, muito para além das sedes distritais, com fontes de energia diversificadas, com mais acesso à água potável e a infraestruturas de saneamento...”.

Continuar...
 
Edilidade de Nampula vai apropriar-se de mais de mil barracas
Destaques - Democracia

Na cidade de Nampula, 1.345 barracas em processo de construção e/ou desocupadas, das quais 592 no mercado 25 de Junho, vulgo Matadouro; 253 em Naloko e 200 no Waresta serão expropriadas pelas autoridades municipais, alegadamente por se encontrarem em situação de abandono.

Continuar...
 
@Verdade Editorial: Sem (mais) dias de graça
Opinião - Editorial

Senhor Presidente Filipe Nyusi, agora, que já detém todos os poderes, é certo que o propalado bem-estar do povo e o futuro risonho das crianças vai passar do papel e dos discursos à realidade. Todavia, sabemos que essas promessas levam tempo para acontecerem.

Passados 100 dias, desde que tomou posse, as suas atitudes começam a recordarem-nos o seu antecessor. É muito pouco tempo mas algumas dúvidas em torno das suas promessas de governação já tomam conta de nós.

As incursões do nosso Presidente nos negócios são publicamente desconhecidos. O Senhor já apresentou a sua declaração de património? Existe uma Lei de Probidade Pública, que, a par de demais leis, o Senhor prometeu ao povo, o seu patrão, respeitar e fazer respeitar.

Continuar...
 
Xiconhoquices da semana: Gastos da OJM; Acidentes de viação; Moçambicanos que retaliam a xenofobia
  Sábado, 25 Abril 2015 11:20
Opinião - Xiconhoca

Os nossos leitores elegeram as seguintes xiconhoquices na semana finda:

Continuar...
 
Mais uma vez..., InstiDoc em Maputo!
  Sexta, 24 Abril 2015 11:26
Vida e Lazer - Cultura

Nos dias que correm, em Moçambique, “caiu por terra” a ideia segundo a qual “não se valoriza a sétima arte devido à falta de sessões de exibição de filmes gratuitos ou a um preço `justo´ em Maputo”. Pois é. Embora não haja salas suficientes para a exposição das obras cinematográficas em todo o território nacional, alguns voluntários apaixonados pelo cinema remam contra a maré a fim de quebrarem essas barreiras. Por exemplo, na tentativa de proporcionar melhores momentos aos maputenses, no ano passado criou-se o Ciclo do Documentário Institucional (InstiDoc) e, neste 2015, as sessões estão de volta.

Continuar...
 
Malária aumentou em 2014 e matou mais de 3.200 pessoas em Moçambique
Vida e Lazer - Saúde e bem Estar

Ainda há muito trabalho por fazer para evitar as mortes por malária, uma doença que, segundo as autoridades da Saúde, continua a ser uma das principais causas de mortalidade em Moçambique, onde, em 2014, houve um aumento de mais de um milhão e quinhentos e morreram 3.245 pessoas.

Continuar...
 
Moçambola: Maxaquene reassume a liderança; Ferroviário da Beira e Desportivo de Maputo continuam sem vencer
  Segunda, 27 Abril 2015 08:27
Destaques - Desporto

O Maxaquene, com um golo do inevitável Isac aos 74 minutos, derrotou, no sábado (25), o Desportivo de Maputo por 1 a 0, em partida da sétima jornada do Moçambola, e aproveitou o empate do Ferroviário de Maputo na recepção ao 1º de Maio de Quelimane, sem abertura de contagem, para reassumir a liderança do certame. O Costa do Sol conseguiu sacudir a crise de vitórias vencendo o Ferroviário da Beira, que somou a quinta derrota no Campeonato Nacional de futebol.

Continuar...
 
ONG moçambicanas exigem ação de tribunais internacionais para xenofonia na África do Sul
  Sábado, 25 Abril 2015 18:20
Destaques - Newsflash

Três organizações da sociedade civil moçambicana exigiram neste sábado, durante uma marcha de protesto em Maputo contra a violência xenófoba na África do Sul, a responsabilização dos autores da crise no país vizinho em tribunais internacionais.

"Nós não vamos parar por aqui, isto é o princípio. Os tribunais Africano (dos Direitos Humanos e dos Povos) e (Penal) Internacional devem saber disso, como forma de responsabilizarmos os promotores da xenofobia. Isto não pode ficar assim", disse a presidente da Liga dos Direitos Humanos de Moçambique, Alice Mabota, reclamando acusações contra o Governo sul-africano, o rei zulu, Goodwill Zwelithini, e Edward Zuma, filho do Presidente do país vizinho.

Continuar...
 
Moçambola 2015: Isac resolve e coloca Maxaquene provisoriamente na liderança
  Sábado, 25 Abril 2015 18:18
Destaques - Desporto

Com um golo solitário de Isac aos 74 minutos, o Maxaquene derrotou, este sábado, o Desportivo de Maputo por 1 a 0, numa das partidas que abriram a disputa da sétima jornada do Moçambola. Com este resultado, os tricolores assumiram provisoriamente a liderança, visto que o Ferroviário de Maputo, líder à entrada desta ronda, vai jogar no domingo (26). Na outra partida, realizada neste sábado, o EHN de Vilanculo e a Liga Desportiva não foram além de uma igualdade sem golos.

Continuar...
 
Xenofobia na África do Sul resulta da falha dos governos no combate à miséria
Destaques - Newsflash

Os ataques xenófobos que “envolvem pobres contra pobres" na África do Sul, com uma economia mais pujante na África Austral, resultam do fracasso dos governos do continente na luta contra a miséria que ainda flagela os seus povos.

Continuar...
 
  • CIDADÃO REPORTA:
    No distrito de Meconta-provincia de Nampula em Mocambique, na xcola secundaria de Namialo, os professores, nao recebem suas horas extras ha 1 ano e um mes e saindo algum colectivo da xcola a direcao provincial das financas, dizem terem pago os ordenados e por sua vez o director distrital dizia que nao houve nenhum despacho e neste momento estao paralizadas as aulas!
  • CIDADÃO REPORTA:
    estou num fematro que sai da baixa para Albazine, o motorista acelera demais toda gente que se encontra aqui esta reclamando (escesso de velocidade) em Maputo.
  • CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:
    Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca
  • CIDADÃO Leo REPORTA:
    está um corpo de uma mulher sem vida atrás do prédio onde vivo, vi o corpo por volta das 8 horas e até agora não vieram remover o corpo, a vizinhança já sabe disso comunicaram a policia e simplesmente vieram tapar o corpo com uma capulana e foram embora. O corpo,está na parte de trás de um prédio no bairro do Jardim, em Maputo, rua do jardim próximo a ponte da av. de Moçambique defronte a av. Joaquim Chissano.
Quer receber a nossa Newsletter semanal com artigos escolhidos pelo editor no seu INBOX?
Faixa publicitária
 

@Verdade Newsletter

Quer receber todas semanas no seu email a nossa edição em formato PDF? Preencha o seguinte formulário:
Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua subscrição. Caso não visualize o email no seu inbox confira na caixa spam.